NOSSO BLOG

Informações úteis para que você se mantenha atualizado

Estudo: Inativação de esporos de bactérias aeróbias

Estudo: Inativação de esporos de bactérias aeróbias e coliformes termotolerantes em águas de abastecimento público com o uso do cloro orgânico comercial e da solução oxidante Hidrogeron. 

 

O Laboratório de Referência em Tecnologias de Águas (LARTECA) da Universidade Estadual da Paraíba, sob orientação da Professora Doutora Weruska Brasileiro Ferreira, realizou estudos relacionados à inativação de microrganismos resistentes a diversos agentes desinfetantes, entre eles, o que traz dados precisos sobre a ação da solução oxidante gerada in loco da Hidrogeron®. 

O artigo técnico, desenvolvido por Amanda Laurentino Torquato, Eng. Sanitarista e Ambiental e Eng. de Segurança do trabalho, Mestra em Eng. Civil e Ambiental, Doutoranda em Eng. de Recursos Naturais, aponta que: 

“Atualmente o gás cloro é o desinfetante mais utilizado nas estações de tratamento de água, porém, estudos do LARTECA alertam para uma possível fragilidade na Portaria de Consolidação n° 5 de Setembro de 2017 do Ministério da Saúde (PRC nº 5/2017) ao estabelecer as bactérias do grupo Coliformes para monitoramento microbiológico da qualidade de água, tendo em vista que, as bactérias do grupo Coliformes, são facilmente eliminadas na desinfecção com o cloro, o que não acontece de forma tão eficiente com os protozoários, já que estes microrganismos possuem maior resistência à desinfecção e a situações adversas do meio. 

Nesta conjuntura, surge os Esporos de Bactérias Aeróbias (EBA), microrganismos que apresentam características de resistência equiparada a dos protozoários, porém, de maior facilidade em sua detecção. Com o intuito comparativo, realizou-se a desinfecção de uma amostra de água pós etapa de filtração da Estação de Tratamento de Água de Gravatá, Queimadas, Paraíba, uma das principais estações do estado, com dois desinfetantes: o cloro orgânico comercial (dicloroisocianurato de sódio) e a solução oxidante da Hidrogeron, avaliando a eficiência de remoção para os Coliformes Termotolerantes (CT) e EBA”. 

Clique aqui para acessar o estudo completo e descobrir os resultados obtidos. 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Filtrar por Segmento

Filtrar por Categoria

Mais Sobre Nós

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA CONTEÚDOS GRATUITOS E NOVIDADES

VEJA TAMBÉM:

Case de Sucesso Tronox

A Tronox possui 9 grandes fábricas produtoras de pigmento distribuídas pelo planeta : EUA, Holanda, Austrália(2), Inglaterra, China, França, Arábia Saudita e Brasil. Instalada no

Leia mais

Case DMAE/ Uberlândia

No Ranking de Saneamento Básico de 2022, elaborado pelo Instituto Trata Brasil com as 100 maiores cidades do país, Uberlândia é referência de gestão de serviços

Leia mais