NOSSO BLOG

Informações úteis para que você se mantenha atualizado

98% de eficiência no tratamento de efluentes em Nova Laranjeiras/PR

A Companhia de Saneamento do Paraná, Sanepar, atingiu 98% de eficiência no tratamento de esgoto de Laranjeiras do Sul (PR), com a ETE projetada e implantada pela Hidrogeron. Este percentual supera significativamente até as metas mais otimistas previstas pela Sanepar.

 

Além da redução de DBO (Demanda Biológica de Oxigênio) e DQO (Demanda Química de Oxigênio) o objetivo da Sanepar era de baixar os altos níveis de fósforo e nitrogênio dos efluentes, principais responsáveis pela proliferação de algas nos corpos de água à jusante do curso do rio que recebe o esgoto tratado. No caso de Laranjeiras do Sul, trata-se de um pequeno corpo rio, e quanto menor, menos capacidade de dispersão do efluente nessas águas. Em outras palavras, quanto mais delicado seu ecossistema, mais excelência no tratamento da água se exige. 

 

A eficiência do tratamento que está sendo aplicado reduz substancialmente  os impactos ambientais causados no corpo receptor, proporcionando maior capacidade de autodepuração, isto é, a capacidade do rio de restaurar suas características ambientais naturalmente, devido à decomposição dos poluentes do esgoto tratado” explica o técnico-químico José Cristiano Ribeiro dos Santos.

Cristiano Ribeiro nas instalações da ETE de Laranjeiras do Sul/PR

 A DBO do efluente não tratado enviada para o corpo receptor (rio) era de 450 mg/l, e o objetivo da Sanepar era reduzir esta demanda para 20 mg/l. No entanto, o sistema Hidrogeron conseguiu uma redução para menos de 5 mg/l. Ou seja, reduziu em cerca de 95% a demanda inicial, e melhorou em 4 vezes os cenários previstos pelas metas da Sanepar.

A redução da DQO teve resultados igualmente impressionantes:  Redução de cerca de 97,5% da demanda inicial  (que era de 1000 mg/l), superando em quase 3 vezes a demanda prevista nas metas (Era esperada a redução para 75 mg/l e atingiu a redução para menos de 25 mg/l). Já o nível de fósforo ficou abaixo de 1 ppm. 

A substituição do antigo sistema de tratamento anaeróbio por um sistema aeróbio desenvolvido pela Hidrogeron, além de evitar a geração de gases que são inflamáveis e produzem mau odor, também apresenta mais eficiência de remoção de matéria orgânica. 


Sistema automatizado


Além da alta eficiência no tratamento de esgoto, atendendo a legislação vigente, todo o sistema desenvolvido pela empresa é automatizado, o que facilita a operacionalidade e o controle dos processos. O sistema é altamente modulável devido a automação da medição de vazão, controle de recirculação de sólidos e controle da concentração de oxigênio dissolvido no tanque de tratamento.

Assista ao vídeo:

Está gostando do conteúdo? Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Filtrar por Segmento

Filtrar por Categoria

Mais Sobre Nós

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA CONTEÚDOS GRATUITOS E NOVIDADES

VEJA TAMBÉM:

Case de Sucesso Tronox

A Tronox possui 9 grandes fábricas produtoras de pigmento distribuídas pelo planeta : EUA, Holanda, Austrália(2), Inglaterra, China, França, Arábia Saudita e Brasil. Instalada no

Leia mais

Case DMAE/ Uberlândia

No Ranking de Saneamento Básico de 2022, elaborado pelo Instituto Trata Brasil com as 100 maiores cidades do país, Uberlândia é referência de gestão de serviços

Leia mais