Bomba Dosadora Eletromagnética

Bomba Dosadora Eletromagnética

A Bomba Dosadora da Hidrogeron foi desenvolvida para a dosagem dos mais diversos produtos químicos, com elevado rendimento elétrico e alta reprodutibilidade nas dosagens. Com a utilização das bombas dosadoras é possível melhorar a dosagem e automação em indústrias, em estações de tratamento de água e esgotos, poços, piscinas e condomínios. A Hidrogeron desenvolveu dois tipos de dosadoras, Manuais e Microprocessadas!

Bomba Dosadora Hidrogeron Microprocessada (série MP)

A bomba dosadora microprocessada proporciona automação, facilidade e segurança na dosagem, é ideal para quem necessita de total controle no processo.
Características específicas:

  • Sistema de calibração com 4 modos: Manual, Pulso, Analógico e Batelada
  • Memória que salva alterações feitas nas configurações
  • Contador de pulsos e litros acumulados
  • Senha

bombas-dosadoras-microprocessadas


Bomba Dosadora Hidrogeron Manual (série MA)

A Bomba Dosadora Manual possui alto rendimento e fácil manuseio, com ajuste manual, ela é indicada para quem necessita de dosagem simples com precisão.

 

bombas-dosadoras-manuais
Os materiais utilizados para produção dos cabeçotes são de dois tipos por conta dos diversos produtos químicos que podem ser dosados. São eles: Acrílico e PPS.

A diferença está na resistência aos compostos dosados.

Os cabeçotes em ACRÍLICO possuem as seguintes resistências:

Resistente: Ácido Clorídrico, Cloreto Férrico, Hidróxido de Sódio, Hipoclorito de Sódio e Sulfato de Alumínio.
Resistência Média: Ácido Tartárico.
Sem Resistência: Ácido Acético, Ácido Fluorídrico, Ácido nítrico, Ácido Sulfúrico, Álcool, Cloreto de Amônia, Clorofórmio, Etanol e Peróxido de Hidrogênio.

Os cabeçotes em PPS possuem as seguintes resistências:

Resistente: Ácido Acético, Ácido Fluorídrico, Ácido Sulfúrico, Ácido Tartárico, Álcool, Cloreto de Amônia, Cloreto Férrico, Clorofórmio, Etanol, Hidróxido de Sódio, Hipoclorito de Sódio, Peróxido de Hidrogênio, Sulfato de Alumínio.
Resistência Média: Ácido Nítrico
Sem Resistência: Ácido Clorídrico

QUERO COMPRAR AGORA!

Identificou o modelo mais adequado às suas necessidades, compre agora!

VÁLVULA DE PURGA

A válvula de purga da bomba dosadora Hidrogeron é um dispositivo (opcional) instalado no cabeçote e tem como função principal auxiliar na retirada de ar do cabeçote.
Durante a operação, normalmente as bombas dosadoras eletromagnéticas trabalham continuamente e não têm problemas com ar no cabeçote, porém em casos de falta de produto líquido no tanque de sucção ou retirada da mangueira de sucção da bomba dosadora, fatalmente haverá entrada de ar.

Normalmente as bombas dosadoras estão submetidas a trabalho pressurizado e, devido a entrada de ar no cabeçote, ela não consegue expelir o ar e dar continuidade na dosagem. Com isso, é necessário aliviar a pressão no recalque do cabeçote. Este procedimento simples, porém fundamental para que se possa restabelecer a dosagem, é possível ser feito com a válvula de purga. Basta girar o atuador da válvula de purga localizado no dispositivo, fazendo com que o ar seja retirado. Este dispositivo possibilita restabelecer a dosagem sem que haja contato manual com o produto que está sendo dosado.

bomba-dosadora-hidrogeron1

CURVA DE VAZÃO:

bomba-dosadora-hidrogeron2

 

CARACTERÍSTICAS GERAIS DAS BOMBAS DOSADORAS:

ITEMSÉRIE MPSÉRIE MA
220 VOKOK
Ajuste manual constanteOKOK
Anéis em VitonOKOK
Cabeçote AcrílicoOKOK
Caixa em nylon reforçada com fibraOKOK
Diafragma em PTFEOKOK
Display com Blacklight para visualização noturnaOK NÃO POSSUI
Entrada analógica 4-20 mA 0-5vOK  NÃO POSSUI
Função bateladaOK  NÃO POSSUI
Kit de acessórios para instalaçãoOKOK
Mangueiras em PEOKOK
Montagem verticalOKOK
Potenciômetro  NÃO POSSUIOK
Proteção Ip 65OKOK
Entrada de pulso com divisor e multiplicadorOK NÃO POSSUI 
Válvula em PPS com esfera cerâmicaOKOK
Visualizador em pulsos por minuto ou litros por horaOK  NÃO POSSUI


IDEAL PARA:

Dosagem de hipoclorito.
Cloração de poços.
Dosagem de flúor.
Detergentes, ácidos e produtos químicos em geral.
Aplicável em processos industriais, estações de tratamento de água, piscinas, espelhos d´água, torres de resfriamento, chiller.

QUERO COMPRAR AGORA!

Identificou o modelo mais adequado às suas necessidades, compre agora!

  • Alimentação Elétrica: 220 V.
  • Consumo de Energia: 30 W / hora.
  • Dosam: 0,5 até 45 litros por hora
  • Pressão: O a 10 bar.
  • Entrada: 4-20 mA.
  • Fusível: 1A.
  • Mangueira: Polipropileno Leitoso.
  • Válvulas: PPS.

Energia.

  • Anéis: Viton.
  • Cabeçote: PPS ou Acrílico.
  • Corpo: Caixa em PPS.
  • Diafragma: Teflon.
  • Entrada: 4-20 mA.
  • Fusível: 1A.
  • Mangueira: Polipropileno Leitoso.
  • Válvulas: PPS.